Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Portugueses ganham dinheiro a exportar ‘troika’

3 de Dezembro de 2013

Um jogo de tabuleiro criado por uma empresa portuguesa, intitulado “Vem aí a Troika!”, começa a ser exportado ainda este mês de Dezembro para os mercados espanhol e grego.

O objectivo do desafio, que é comercializado no estrangeiro agora pela primeira vez, “é criar uma teia de influências, vencer eleições e colocar o máximo de dinheiro possível em paraísos fiscais (offshores)”, explica em comunicado a Tabletip Games.

O jogo chega a Espanha numa primeira edição de três mil exemplares e à Grécia, com números semelhantes, prevendo a empresa nacional mais edições a curto prazo, antevendo um sucesso igual ao que aconteceu este ano em Portugal.Tabletip Games1

“Trata-se de uma obra de ficção, passada em países chamados Españistán e Angeladistan onde existem líderes corruptos e incompetentes, interesses financeiros obscuros e grupos de influência que se estão nas tintas para o país, provocando a bancarrota do Estado e a vinda da Troika”, explica a marca.

A empresa “avisa, claramente, que qualquer semelhança com factos, entidades ou pessoas reais é mera coincidência”…

O jogo é uma sátira da dinâmica de poder, pressão e influência, que dominam a vida de uma sociedade democrática. Cada jogador representa um mais ou menos obscuro grupo de interesses que através de manipulação política, social e económica, tenta ganhar poder, votos e dinheiro.

“Se qualquer português pode levar o País à falência, agora também os espanhóis e os gregos o podem fazer que alguém há-de pagar…”, conclui, ironizando (ou não?) a Tabletip Games.

A marca é uma editora de jogos de mesa que começou em 2012 com “um punhado de ideias” e um projecto para as desenvolver, com o objectivo de “ajudar a fazer crescer estes jogos em Portugal, mas também olhando para o mercado internacional como destino”.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!