Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Portugal exporta 85% dos moldes e está na vanguadarda do sector

4 de Maio de 2014

O nosso País encontra-se entre os principais fabricantes mundiais de moldes, destacando-se a área dos moldes para injecção de plásticos, exportando a mais de 85% da produção total, apurou a Veja Portugal junto da Cefamol – Associação Nacional da Indústria de Moldes, no âmbito das feiras Moldplás e Tecna, que decorrem na Batalha a partir desta quarta-feira, 7.

O sector possui 450 empresas, com dimensão de Pequenas e Médias Empresas (PME), dedicadas à concepção, desenvolvimento e fabrico de moldes e ferramentas especiais, e emprega 7.640 trabalhadores, com uma distribuição geográfica bipolar, nas regiões da Marinha Grande e Oliveira de Azeméis.

No ano passado a exportação atingiu os 543 milhões de euros, de uma produção total de 639 milhões.Intermolde

O saldo da balança comercial regista uma tendência de crescimento, passando de 268.78 milhões de euros em 2003 para 407,98 milhões de euros em 2013.

As exportações assentam no mercado europeu, sobretudo comunitário, representando nos últimos anos 81% do total. Os cinco principais destinos das exportações portuguesas em 2013 foram: Espanha (24%), Alemanha (20%), França (16%), Polónia (5%) e Estados Unidos (4%).

A indústria de moldes e de plásticos de injecção constituem o núcleo central das duas feiras especializadas para profissionais que o Centro de Exposições Exposalão organiza na Batalha, de 7 a 10 de Maio, com a presença de 100 expositores, em representação das principais empresas e marcas nacionais e internacionais.

O Moldplás é 8º Salão de máquinas, equipamentos, matérias-primas e tecnologia para moldes e plásticos, e o Tecna é o 9º Salão profissional de máquinas e equipamentos para a indústria, tecnologia industrial, inovação, automação e robótica, ocupam os 15 mil metros quadrados dos três pavilhões da Exposalão e a organização espera a visita de 12 mil profissionais.

As feiras apresentam as últimas novidades ao nível da tecnologia de máquinas, equipamentos para a indústria, tecnologia industrial, software informático, automação e robótica de apoio à produção, reunindo o que de mais vantajoso a ciência e a tecnologia colocam ao serviço das empresas.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!