Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Perfis de alumínio ganham mercados na Europa

22 de Abril de 2014

A escassa produção de perfilados em alumínio para o sector da construção civil, no início da década de 1970, levou Carlos Lourenço Boia, engenheiro mecânico, pós-graduado em gestão de empresas, a projectar e a desenvolver a Extrusal-Companhia Portuguesa de Extrusão, denominação completa adquirida com a constituição da sociedade anónima, a 31 de Março em 1972.

Em mais de 40 anos de actividade, os negócios e os mercados da marca sofreram alterações para uma maior adaptabilidade às evoluções sentidas no ambiente externo. Até há alguns anos, a arquitectura representava a maior percentagem (70%) do volume de vendas anuais, enquanto a indústria detinha uma pequena parcela da actividade. Nos últimos anos esta tendência inverteu-se.

A maioria das vendas dos sistemas para a construção era comercializada através de empresas criadas em todo o território português. Quanto aos perfis destinados à indústria, a maior parte das exportações continua a ser para o mercado europeu.

Joao Madail

João Madaíl, porta-voz da Extrusal

O Grupo Extrusal é actualmente composto por uma rede comercial e de distribuição presente em Portugal, Cabo Verde, Angola e Moçambique; e possui um gabinete de estudos e projectos em Lisboa e no Porto, que presta um serviço de consultoria e assistência aos profissionais da construção civil.

A empresa possui ainda firmas associadas para a aquisição e distribuição de acessórios e componentes para os seus sistemas (Opexil), fabrico de peças técnicas e janelas Beta (Proclima) e transporte dos produtos dentro do grupo e junto dos clientes (Exaltrans).

No que respeita às exportações directas, as dos sectores de caixilharia dirigem-se sobretudo aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), e as da indústria destinam-se à Europa.

 “Novo sistema de correr com preocupações arquitectónicas”

“Os sistemas Extrusal são concebidos após um rigoroso estudo de mercado, o que nos permite detectar o que existe, o que os consumidores realmente precisam e procuram, e acompanhar as tendências arquitectónicas. Olhámos para cada produto como único dentro das necessidades e fim a que se destina.

Este ano, dando seguimento à nossa estratégia de aumento qualitativo da oferta de produtos no segmento da arquitectura iremos lançar um novo sistema B.150. Trata-se de um sistema de correr tradicional com RPT e com preocupações relacionadas com a construção sustentável, mas também com as questões arquitectónicas.

O desafio consistiu em criar um sistema que aliasse bons desempenhos térmicos, acústicos e AEV´s às questões estéticas cada vez mais valorizadas pelos prescritores e consumidores, sem dúvida requisitos fundamentais para trabalharmos o mercado nacional, mas sobretudo internacional, onde estas questões são decisivas para a boa aceitação do produto.

Apresentamos um sistema com muitas inovações e que preenche as necessidades das tendências da nova arquitectura, com mais luminosidade e menores vistas de alumínio.

Com acessórios exclusivos, capacidade para vários enchimentos e sobretudo com preocupações ao nível da manobra por parte do consumidor final, apresentaremos um sistema vanguardista que nos permitirá fortalecer a presença no mercado doméstico e internacional”. – João Madaíl, porta-voz da Extrusal

 Extrusal 

Sede: Aradas, Aveiro

Sector de actividade: extrusão e tratamento de superfície de perfis em liga de alumínio

Início da actividade: 1972

Número de trabalhadores: 259

Volume de negócios: 34,2 milhões de euros (2012)

Volume de negócios na exportação: 49%

 

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!