Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Morangos portugueses são cada vez mais procurados

5 de Julho de 2013

As últimas ‘Estatísticas Agrícolas’ publicadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que Portugal exportou, em dois anos, mais de sete mil toneladas de morangos frescos, o equivalente a uma receita de 19,5 milhões de euros, de um fruto cada vez mais procurado pelos mercados externos.

Os dados do INE indicam que o nosso País colocou no exterior quatro mil toneladas de morangos em 2010 e três mil no ano seguinte. Em 2011 as vendas renderam oito milhões de euros e no ano anterior 11,5 milhões de euros. No ano passado, as exportações de morango cresceram 19%.

Esta cultura ocupa uma área de 550 hectares e atinge uma produção anual superior a 12 mil toneladas, segundo dados apurados há dois anos pelo Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-alimentares (OMAIA).

morangos estatisticas

Fotos: www.GdeFon.ru

O Algarve, o Ribatejo e Oeste e o Alentejo concentram o grosso da produção, mas a Beira Litoral e Trás-os-Montes também possuem núcleos importantes, com a vantagem de terem uma maturação mais tardia.

O Reino Unido, a França, a Holanda e alguns países do Norte da Europa são mercados onde o morango português tem boa aceitação, segundo o OMAIA.

O maior produtor é os EUA, (28% da produção mundial) e o conjunto dos países da Europa produzem 40% do total, destacando-se a Espanha, Polónia, Rússia, Itália e a Alemanha. A Ásia contribui com 18%, com maior relevo para o Japão, a Coreia do Sul e a Turquia.

Há morangos no mercado durante todo o ano, mas a maior produção é em Abril. Mas, segundo o OMAIA, “muitos produtores estão a apostar no período entre o Natal e o Carnaval, altura em que os preços são mais elevados e a partir de meados de Maio até ao final do Verão, quando, devido às elevadas temperaturas, os espanhóis não conseguem produzir”.

O morangueiro, originário do Chile e dos Estados Unidos da América, começou a ser cultivado para consumo na Europa a partir do século XIV, na corte de Carlos V, em França. No século seguinte, a cultura expandiu-se para Inglaterra e foi largamente difundida por toda a Europa até finais do século XIX.

 

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!