Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Mirtilo, o nosso ‘elixir da juventude’, mostra-se em Sever do Vouga

25 de Junho de 2013

A VI Feira do Mirtilo começou esta quinta-feira, no Parque Urbano de Sever do Vouga, numa altura em que este pequeno “fruto da juventude”, como é designado devido às suas propriedades medicinais, atinge um reconhecimento, procura e produção inéditos.

A “Capital do Mirtilo” será visitada por 50 mil pessoas durante os quatro dias de duração da iniciativa, este ano com duas novidades: O 1º Congresso Nacional e a presença de expositores técnicos.

O evento, “já uma referência nacional”, “apresenta algumas novidades, a mais importante a realização do congresso, nos dias 28 e 29 (sexta-feira e sábado), com especialistas nacionais e internacionais, para debater aspectos técnicos relacionados com esta cultura”, explica à Veja Portugal José Manuel Silva, da Associação para a Gestão, Inovação e Modernização do Centro Urbano de Sever do Vouga (AGIM), que organiza a iniciativa em conjunto com a câmara municipal.www.feiradomirtilo.pt

Outra novidade “é a introdução de expositores técnicos no recinto do evento. Trata-se de um espaço dedicado a todos quantos estejam directamente ligados à produção e comercialização de mirtilo, onde poderão ficar a par das mais recentes novidades acerca deste fruto”.

Os visitantes terão ainda a possibilidade de colher a baga em pomares do concelho, podendo, no final, adquirir o fruto que apanharam. Um concurso gastronómico faz também parte do programa. “Trata-se de uma iniciativa destinada aos expositores que poderão apresentar um produto gastronómico da sua autoria que inclua obrigatoriamente o mirtilo como um dos ingredientes”, concretiza José Manuel Silva.

A produção e comercialização de mirtilo é responsável por mais de 36 milhões de euros em exportações e “algumas previsões indicam que poderá ultrapassar a barreira dos 50 milhões de euros dentro de cinco anos e chegar aos 215 milhões de euros em 2023”.

No final deste ano, as plantações de mirtilo em Portugal atingirão os mil hectares e o crescente aumento do seu número levará a que a produção atinja as quatro mil toneladas anuais em 2018, a maioria destinadas à exportação para países da União Europeia, como a Holanda, Bélgica e França.mirtilo

As regiões mais conhecidas pela produção são, neste momento, Sever do Vouga e Idanha-a-Nova. Mas nos últimos anos tem vindo a conquistar todo o País, como o Norte e Alentejo.

Em Sever do Vouga, a produção anual está aumentar bastante. Já ultrapassou as 112 toneladas e deverá atingir as 419 toneladas em 2014.

O mirtilo é um fruto silvestre com um sabor distinto, conhecido pelas suas propriedades medicinais. É um antioxidante, catalogado por muitos como “o fruto da juventude”, habitualmente usado no tratamento de infecções.

Além de possuir vitaminas, é rico em sais minerais, magnésio, potássio, cálcio, fósforo e ferro, entre outros elementos. É também um fruto muito versátil na gastronomia (Mais informação aqui)

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!