Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Vestuário entra em mercados do Cazaquistão a Angola

30 de Abril de 2013

A Giovanni Galli, uma marca do grupo Unifato especializada em moda masculina, prevê abrir este ano a segunda loja na Geórgia, Irão e Líbia  e entrar nos mercados do Kosovo, Macedónia, Kuwait, Cazaquistão e Angola, revelou à Veja Portugal uma fonte da empresa portuguesa.

A expansão da marca para mercados externos começou em 2011 com a abertura das primeiras lojas no Qatar, Eslovénia (3 estabelecimentos), Líbano (2) e Egipto. No ano seguinte, a Giovanni Galli passou a estar representada também no Dubai e na Geórgia.Giovanni Galli, uma marca do grupo Unifato 1

A empresa apresentou há pouco tempo uma nova imagem e um novo posicionamento, com o objectivo de reforçar a sua presença no mercado nacional, que servirá de alavanca para novos projectos internacionais. As lojas estão também a ser alvo de uma remodelação em termos de design.

Giovanni Galli, uma marca do grupo Unifato 2“Quisemos reforçar o nosso ADN de modo a reposicionar a marca no mercado e, pouco a pouco, conseguir aumentar a nossa quota, atraindo público potencial e fidelizando o actual. Uma identidade de marca bem definida e um bom posicionamento no mercado português vão ajudar-nos a diferenciar-nos da concorrência e, consequentemente, a expandir mais facilmente no mercado internacional”, explica Manuel Marques, director de marketing.

A Giovanni Galli possui 47 lojas em Portugal continental, uma nos Açores e outra na Madeira. Acrescem as nove existentes no mercado internacional.

A marca surgiu no País em 1992, através da sociedade Vasconcelos&Gonçalves, uma empresa ligada ao vestuário desde 1976. Hoje pertence ao grupo Unifato, detido por capital 100% português, que emprega 800 trabalhadores.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!