Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Há em França 45 mil empresários portugueses

18 de Março de 2013

Carlos Vinhas Pereira, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa, destaca o papel da organização no apoio aos empresários que queiram instalar-se em França e aos portugueses que trabalham no país.

 “A primeira pergunta que ocorre a um empresário que está interessado no mercado francês é certamente esta: que apoio presta a Câmara de Comércio e Indústria Franco- -Portuguesa (CCIFP) às empresas portuguesas que pretendem implantar-se em França?

Sumariando, classificaríamos como consultoria permanente com apoio na implementação. Por exemplo, no caso de uma internacionalização para o mercado francês, o conhecimento que a CCIFP tem, dos sectores de actividade, dos diferentes segmentos, dos organismos que os regem, das suas regras, normas, práticas e ´armadilhas´ permite à empresa portuguesa poupar tempo e dinheiro a partir do momento que sai do aeroporto.

Depois, vem a fase da integração e da prospecção. Aí a CCIFP, através de vários eventos, organiza, promove e dinamiza o encontro entre empresários, por vezes de modo formal, outras de forma lúdica. Sempre com o objectivo do desenvolvimento da rede de contactos e relações profissionais.

Paris frança

Mas afinal o que é a CCIFP? É uma instituição privada de direito francês, sem fins lucrativos e cujos ´proprietários´ são as própriasempresas aderentes. Começou com 19 empresas fundadoras, na maioria as filiais das principais empresas portuguesas presentes em França, e hoje conta já 320 membros, dos quais 21% são empresas Portuguesas sem estabelecimento estável em França, principalmente PME exportadoras.

O mercado francês é um mercado maduro, onde as oportunidades escasseiam. Porém há em todos os sectores nichos de mercado inexplorados, ou mal desenvolvidos onde empresas portuguesas que possuam produtos ou serviços diferenciadores, na qualidade, originalidade ou no preço, podem conseguir penetrar. Ao consegui-lo, estarão num mercado-vitrina para todo o mundo, com particular incidência nos países francófonos.

Em França vivem 2,5 milhões de pessoas de origem ou nacionalidade portuguesa. Mais de 45 mil são empresários. Esta comunidade aqui radicada, particulares e empresários, possui uma forte ligação a Portugal e uma vontade de investir constante no seu país de origem. Um exemplo é o recente aumento das remessas.

De acordo com o Banco de Portugal, no primeiro semestre de 2012 as remessas de emigrantes aumentaram 16%, o valor mais alto desde 2002. Até Junho, as remessas de emigrantes portugueses atingiram 1.276 milhões de euros, 413 milhões de euros provenientes de França.

O interesse destes mesmo pelas actuais oportunidades de investimento em Portugal, particularmente ao nível do imobiliário, conduziu a que a CCIFP organizasse em Setembro passado o primeiro Salão do Imobiliário Português em Paris, que se saldou num enorme sucesso e cuja segunda edição está já agendada para o fim de Maio de 2013.moda portuguesa moda portuguesa

Em 2011, o mercado francês representou 5 mil milhões de euros das exportações portuguesas. Todavia Portugal foi apenas o 19.° fornecedor de França atrás do Cazaquistão (5,4 mil milhões euros). Há claramente margem para crescer no mercado.

Em termos de oportunidades temos, por exemplo, na capital francesa no horizonte 2020 a previsão de construção de 2 milhões de metros quadrados destinados à actividade comercial, 40 mil novos fogos de habitação social, a renovação de escolas e outros edifícios públicos à razão de 100 por ano para corresponder ao plano energético de redução do consumo em 25% e promoção da utilização de energias renováveis na mesma proporção.

No sector do turismo a região parisiense contará até 2020 com mais sete mil quartos de hotel para responder à procura dos visitantes da capital francesa. Recordamos que Paris é a cidade mais visitada em todo o mundo. Todavia as oportunidades de negócio não se esgotam na capital. A organização do Europeu de Futebol de 2016 e a recente atribuição da organização da Ryder Cup de golf e a França darão origem a oportunidades de negócio em vários sectores de actividade e em todo o território.

A CCIFP promete estar atenta a estas mesmas oportunidades e trabalhará no sentido de colocar as suas empresas-membro na pole position destes negócios”.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!