Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Venda de pasta de papel no exterior bate recorde

6 de Agosto de 2013

A Altri, detentora de três fábricas de pasta de papel em Portugal, bateu “o recorde absoluto trimestral” de exportações, no período de Abril a Junho, ao ultrapassar os 118 milhões de euros, revela a empresa no relatório financeiro relativo ao primeiro semestre do ano.

As receitas totais provenientes da venda de pasta de papel, no último trimestre, ascenderam a 125 milhões de euros, sendo que as exportações atingiram 118,1 milhões de euros. A facturação total e o montante exportado constituem, segundo a empresa, “recordes trimestrais absolutos”.

Nos primeiros seis meses do ano, exportou um total de 462 mil toneladas de pasta de papel, ou seja, 94% destas vendas. O montante das exportações atingiu os 232 milhões de euros. celbi

Em termos de vendas totais, foi atingido “um volume recorde, que ascendeu a 491 mil toneladas de pasta, mais 5% do que as realizadas no período homólogo de 2012, no valor de 246 milhões de Euros, representando 83% das receitas da Altri.

As receitas globais do primeiro semestre ascenderam a 295 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 11% face ao período homólogo de 2012. A Altri produziu 482 mil toneladas de pasta, o que corresponde a um crescimento de 5% em relação às 459 mil toneladas produzidas de Janeiro a Junho de 2012.

O lucro líquido da empresa atingiu os 30,3 milhões de euros, um crescimento de 36% relativamente ao resultado registado no mesmo período de 2012.

Nos últimos anos, a Altri investiu em Portugal 465 milhões de euros, sobretudo nas unidades da Celbi e da Celtejo. A empresa detém três fábricas de pasta de papel com uma capacidade instalada de produção de 910 mil toneladas/ano de pasta de papel branqueada de eucalipto em 2012.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!