Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Enchidos do Alentejo andam a correr mundo

10 de Julho de 2013

A história da Sel – Salsicharia Estremocense nasce no seio da família Arvana em 1980, quando começou a transformar uma rudimentar unidade de âmbito familiar, com apenas três trabalhadores, que vendia os seus produtos numa loja minúscula no mercado de Estremoz.

O aumento da procura, devido à qualidade dos enchidos e a legislação mais rigorosa, que obrigou a grandes remodelações nas infra-estruturas das pequenas unidades, foram decisivos para que a Sel se desenvolvesse, transferisse de lugar e ampliasse as instalações. Os 150 metros quadrados de área iniciais serão 6700 em breve, após sucessivas ampliações ao longo dos anos.

Em simultâneo, foram-se desenvolvendo os negócios pelo País e surgiu a aposta nas exportações e na internacionalização. Actualmente, exporta para Espanha França, Bélgica e Angola. Em Moçambique, investiu capital, em parceria com um empresário local, na constituição da CMC – Companhia Moçambicana de Carnes, uma empresa para a criação e abate de animais, e transformação de produtos à base de carne. Em Portugal, aduiriu o Matsel – Matadouro Regional do Alto Alentejo.sel enchidos

A empresa foi a pioneira no relançamento dos enchidos de porco preto de raça alentejana, com produtos frescos, fumados e ultracongelados. Hoje prepara e transforma carne suína e ovina, e fabrica enchidos tradicionais do Alentejo com porcos preto, branco e de raça alentejana.

A produção anual de enchidos tradicionais é de 950 toneladas e a de carne fresca e congelada ascende às 1500 toneladas.

O porco preto, alimentado a bolota, possui uma carne mais suculenta, saborosa e com um aroma mais intenso. A sua gordura é rica em ácido oleico, que contém características semelhantes às do azeite. Tem propriedades nutritivas e contribui para a redução do colesterol.

“Gostamos de chegar primeiro e de estar um passo à frente”

Francisco Arvana, administrador e fundador da Sel

Francisco Arvana, administrador e fundador da Sel

“Novidades e inovações são segredo! A verdade é que a SEL chegou onde chegou, porque tem por detrás cabeças que não param. Gostamos de chegar primeiro e estar um passo à frente, gostamos de inovar e experimentar novos desafios. Para podermos ser pioneiros e garantir a qualidade dos nossos produtos adquirimos o Matadouro Regional do Alto Alentejo; estamos numa fase de ampliação das nossas instalações, cujo investimento ronda 1,2 milhões de euros, para podermos aumentar a nossa capacidade produtiva e conseguir produtos com determinadas características e paladares únicos. Estamos inseridos na rede Cotec, vocacionada para a investigação, desenvolvimento e inovação das PME, criámos um departamento de I&D para conseguirmos inovar e responder atempadamente às necessidades do mercado. Recentemente fizemos o lançamento de uma gama gourmet com a marca Varanegra, destinada a um segmento de mercado diminuto. Para reconhecimento e avaliação das nossas capacidades colocámos alguns dos nossos produtos numa “prova cega” onde angariámos os prémios Sabor do Ano 2008, 2010 e 2012″. – Francisco Arvana, administrador e fundador

Empresa: Sel 

Sede: Estremoz, Alentejo, Portugal

Actividade: preparação e transformação de produtos à base de carne

Início de actividade: 1984

Número de trabalhadores: 125

Volume de negócios: 11 milhões de euros

Volume de negócios na exportação: 300 mil euros

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!