Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Portugueses ganham maior prémio mundial de design

25 de Março de 2014

As marcas portuguesas Larus e Alba venceram “o maior prémio mundial de design”, anunciou esta segunda-feira, 24, Peter Zec, fundador e director executivo do galardão, em Essen, na Alemanha.

A marca de mobiliário urbano venceu o ‘Red Dot Award’ com a papeleira ‘Sheet’. É o terceiro prémio mundial para a empresa de Albergaria-a-Velha.

O júri composto por 40 especialistas em design de todo o mundo – o maior da história da competição – avaliou 4.815 propostas de 1.816 empresas, arquitectos e designers de 53 países.

A papeleira foi desenhada por Pedro Martins Pereira, fundador e presidente da Larus, para o “Al Shaheed Park”, um projecto urbanístico na cidade do Kuwait.Alb souto moura interior

A Alba foi distinguida pelo recuperador de calor ‘Souto de Moura’. Este é o primeiro prémio mundial da empresa que mobila jardins e parques de Norte a Sul do País, desde o início do século XX.

O equipamento premiado foi assinado por Eduardo Souto de Moura, Prémio Pritzker de Arquitectura 2011.

A Larus conta 26 anos de história e tem hoje uma presença internacional em Espanha, Reino Unido, Bélgica, Alemanha, Angola, França, Roménia, Marrocos e Kuwait. Em 2013, facturou 2,8 milhões de euros e atingiu uma taxa de exportação de 43%.

A Alba foi recuperada por Pedro Martins Pereira, bisneto do fundador da metalúrgica criada em 1921 e agora integrada na Larus.

Posiciona-se como uma empresa prestadora de soluções técnicas, em três áreas de actividade: águas e equipamentos de combate a incêndio, aquecimento doméstico e equipamento urbano.

A entrega dos prémios acontece na gala do ‘Red Dot Award’ no dia 7 de Julho, na Opera Home, em Essen.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!