Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Casa do Vinho do Porto ajuda na promoção e venda em Angola

11 de Dezembro de 2013

A Lusovini abre esta quinta-feira em Luanda a Casa do Vinho do Porto, um projecto que tem como objectivo “divulgar, afirmar e vender” a bebida licorosa “às classes médias/altas” que vivem e trabalham em Angola, revelou a empresa em comunicado.

“Queremos vender as nossas marcas, como é óbvio, mas, como queremos sobretudo ajudar a afirmar internacionalmente o Vinho do Porto, teremos todo o gosto em vender as marcas dos outros”, diz Casimiro Gomes, presidente da Lusovini. Neste momento, o projecto envolve duas dezenas de produtores nacionais.

Lusovini Casimiro Gomes (cor)

Casimiro Gomes, presidente da Lusovini

A casa, situada em Talatona/Camama, uma zona comercial do Sul da capital angolana, foi concebida como “um espaço para a formação de profissionais do comércio e da hotelaria, e de consumidores das classes alta e média-alta, com provas permanentes, e uma loja destinada também aos representantes de marcas de Porto em Angola convidados a colocar os seus vinhos”.

Estão previstos ainda cursos dedicados às diferentes categorias e idades de vinhos do Porto, demonstrações das melhores formas de os consumir e apresentações de novas marcas.

“Mais do que um empreendimento da Lusovini, queremos que seja um projecto completamente empenhado na divulgação do Vinho do Porto no mercado angolano. Por isso convidámos os nossos concorrentes e a reacção foi a melhor: a maioria dos importadores, distribuidores e representantes mostraram disponibilidade para aderir, fornecendo e promovendo as referências de que são representantes”, explica Casimiro Gomes.

“Queremos que seja um espaço polivalente e por onde possam passar, regularmente, os nomes maiores da enologia e da viticultura das grandes casas do Vinho Porto”, conclui o presidente da Lusovini.

A marca instalou-se há mais de três anos em Angola, sendo este um dos 27 países onde está presente, pelo que a filosofia subjacente à Casa do Vinho do Porto poderá ser replicada noutras capitais do mundo.

A Lusovini, com sede em Nelas, nasceu em 2009 para criar marcas em parceria com os produtores dos vinhos e seus enólogos para todos os mercados, sobretudo estrangeiros. O volume de negócios foi de cinco milhões de euros no último ano.

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!