Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Boca do Lobo: cair nesta armadilha é fascinante

23 de Fevereiro de 2013

// Se há uma marca que consegue, de forma indelével, associar o design de vanguarda e a inovação às tradições portuguesas, ela é a Boca do Lobo, fundada de 2005, em Rio Tinto. Nascida como projecto inter-nacional da Menina Design, uma empresa de móveis criada dois anos antes pelos designers Amândio Pereira e Ricardo Magalhães, impôs-se rapidamente assente na paixão pelo designe pelo que de bom se faz em Portugal.

“Quando me deparei com a Boca do Lobo fiquei espantada com as emoções que as peças despertaram em mim, eram sentimentos raramente provocados por peças de mobiliário. Fascínio, inspiração, desejo e euforia. A minha reacção inicial perante a colecção foi um forte sentimento de desejo. Hoje, esse sentimento cresce cada vez que vejo uma obra de arte da Boca do Lobo e é missão minha compartilhar a sedução emocional deste mundo com todos os nossos admiradores”, explica Janet Morais, directora de marca da Koket.

O reconhecimento tem chegado sob dife-rentes formas, como prémios e artigos em importantes revistas nacionais e internacionais. Por exemplo, a edição de Agosto do ano passado do suplemento do Financial Times, o How To Spend It, realçou o design português através de um aparador da Boca do Lobo, dado à estampa num grande plano na capa. O aparador Diamond, datado de 2009, tem a superfície forrada a folha de prata, tratada com uma camada de verniz de alto brilho. O interior e os pés são cobertos a folha de ouro.

Revista Veja Portugal - Boca do Lobo: cair nesta armadilha é fascinante

“A Boca do Lobo é uma experiência emocional única, um sentimento de pertença, um estado de espírito. Esforçamo-nos por despertar sentimentos através das nossas peças, que são inspiradas na paixão pelo artesanato português desenvolvido por uma equipa que ama o que faz. Os nossos designers, de inegável talento, projectam peças que emocionam os nossos admira-dores. A sabedoria do artesão, acumulada durante anos de experiência, está incutida com amor e dedicação na arte que desempenham. Nenhum detalhe é ignorado, oferecemos o melhor da fronteira entre o designe a arte”, refere o departamento de marketing.

O Grupo Menina Design, iniciado com capitais próprios no valor de 10 mil euros, tem hoje mais de 40 colaboradores e detém as marcas Boca do Lobo, Delightfull, Brabbu, Koket, Portugal Brands, MDI, Preggo, Clube Delux, Gallerist Projecto, Meu Projecto Agenda e a Fundação do Design.

A Boca do Lobo facturou 1,4 milhões de euros em 2011 − quatro milhões se considerarmos o grupo –, está em casas de 52 países, e garante 80% do volume de negócios nas exportações, em mercados como Reino Unido, França, Espanha, Rússia, Grécia, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos e Índia.

Revista Veja Portugal - Boca do Lobo: cair nesta armadilha é fascinante

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!