Veja Portugal

Hotel Lis - Baixa

Adegas unidas para exportar mais vinho verde

24 de Novembro de 2013

A Adega Cooperativa de Ponte da Barca foi constituída em 1963, iniciou a actividade em 1968, abrangendo uma área de produção localizada nos vales dos rios Lima e Vez, e representa mil associados, sobretudo dos concelhos de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez.

Um dos grandes momentos no posicionamento estratégico da empresa, como forma de adaptação à exigência dos mercados, foi a incorporação na estrutura accionista da Viniverde, “constituída com o objectivo de produzir, promover e comercializar os vinhos e seus derivados mais conhecidos das suas accionistas e também os das marcas próprias como é o caso da Estreia”, explica José Antas Oliveira, administrador comercial e da enologia.

“Um dos objectivos traçados – adianta o responsável – passa pelo constante melhoramento do processo de produção dos vinhos, garantindo desde o crescimento e maturação da uva até à vinificação um controlo rigoroso que permita obter vinhos cada vez mais capacitados para ir ao encontro das exigências dos mercados”.

José Antas Oliveira, Administrador e Enólogo, promove os Vinhos Verdes produzidos e engarrafados na Adega Cooperativa de Ponte da Barca no evento

José Antas Oliveira

José Antas Oliveira salienta o desafio da renovação da paisagem vinícola como forma de proporcionar um crescimento sustentável da instituição: “A região dos Vinhos Verdes caracteriza-se por culturas vinícolas fragmentadas, o que se reflecte na dificuldade em controlar o processo desde o crescimento até à entrega da uva e inflaciona o custo de produção”.

Quanto ao futuro, o administrador comercial e da enologia da adega afirma. “Procuramos garantir o maior número de associados e apostar na reconversão das vinhas. Actualmente contamos 420 hectares de vinha reconvertidos e com este apoio à reconversão pretendemos um rejuvenescimento dos associados, assim como salvaguardar quebras de produção”.

A renovação das vinhas assume-se como um meio para atingir um crescimento sustentável, maior produtividade e melhor qualidade dos vinhos, “assegurando os próximos 50 anos à adega com a mesma postura profissional que a caracterizou nestes 50 anos que está a festejar”.

Castas regionais melhor aproveitadas

A Adega Cooperativa de Ponte da Barca produz vinhos e aguardentes, garantindo o aproveitamento de castas notáveis da região, como o Loureiro, no caso das uvas brancas, e o Vinhão nas tintas. Tem-se destacado com a crescente notoriedade dos vinhos brancos e rosé, despoletada pela expansão nos mercados internacionais.

Apostada em garantir a sua posição como um dos principais produtores e agentes comerciais dos Vinhos Verdes, fundou em 2008, com outras adegas da região, a Viniverde – Promoção e Comércio de Vinhos Verdes.

Esta empresa reflecte a vontade dos associados em sedimentar a posição das suas marcas e das marcas próprias da Viniverde no mercado interno, assim como, numa acção conjunta, aumentar o volume de negócios na exportação.

Adega Cooperativa de Ponte da Barca

Sede: Lugar de Agrelos, Ponte da Barca

Sector de actividade: Produção & Comercialização de Vinhos Verdes e Aguardentes.

Início da actividade: 1963

Número de trabalhadores: 25

Volume de negócios: 2,5 milhões de euros

Volume de negócios na exportação: 650 mil euros

 

Comentários

comentários

Login para a tua conta

Não te recordas da tuaPassword ?

Registar neste site!